AVALIAÇÃO INTERNA

do Agrupamento de Escolas de Lousada

Arquivo de Relatório de auto-avaliação da escola

Relatório de avaliação interna 2013

Peça de Débora Silva do 12ª ano de Artes

Num contexto em que a velocidade da mudança é tão evidente, a modernização dos sistemas de ensino constitui-se como fundamental para a formação de alunos qualificados e bem preparados para a vida futura. Desta forma, o papel  da autoavaliação do desempenho das escolas ganha importância acrescida. Assim, aqui se apresentam os:

Relatório final de 3 setembro de 2013

Relatório OPTE do 3º periodo 2012-13

da Escola Secundária de Lousada.

2.º RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO INTERNA

jornadas02

O relatório aqui apresentado, consistirá num instrumento de reflexão em que se poderá estabelecer a comparação entre aquilo que foi alcançado pela nossa escola e aquilo que se pretende que ela venha a atingir. Estamos cientes de que só estaremos avaliando enquanto estivermos apurando o que queremos, o que estamos construindo e aquilo que conseguimos na formação integral dos nossos alunos.

2.º Relatório de Avaliação Interna da Escola Secundária de Lousada, referente aos resultados do 2.º período, do ano letivo 2012/2013.

Relatório OPTE - Ocupação Plena dos Tempos Letivos dos alunos, relativo ao mesmo período.

1.º Relatório de Avaliação Interna

BlogRAI2013

Aqui se apresenta o 1.º relatório de avaliação interna da Escola Secundária de Lousada, referente ao 1.º período deste ano letivo 2012/2013.

Os relatórios informativos são excelentes plataformas de discussão e participação. Daí que seja interessante prever a existência de relatórios informativos apenas parciais e não somente de um relatório final de avaliação.
Da comunicação dos relatórios informativos, certamente, hão de surgir decisões razoáveis.
Fica o compromisso de continuar a aperfeiçoar os métodos de recolha e tratamento de informação que se pretende relevante e fiável.
Por último agradecemos a todos aqueles que prontamente colaboraram com esta equipa.

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO INTERNA FINAL

SÃO OBJETIVOS ESPECÍFICOS DESTE RELATÓRIO:

Conhecer/compreender as dinâmicas desenvolvidas na escola, no intuito de proporcionar as soluções mais adequadas e criativas à resolução dos problemas emergentes;

+ Conhecer os resultados alcançados com o desenvolvimento de projetos dinamizadores da escola;

+ Informar a comunidade educativa sobre o desenvolvimento do processo de autoavaliação.

+ Informar toda a comunidade educativa sobre os resultados alcançados.

Desta forma, aqui se apresenta o Relatório de Avaliação Interna Final   da Escola Secundária de Lousada, referente ao ano letivo 2011/2012.

1.º RELATÓRIO FINAL 2011/2012

A avaliação é um processo que consiste em recolher um conjunto de informações pertinentes, válidas e fiáveis, e em examinar o grau de adequação entre este conjunto de informações e um conjunto de critérios escolhidos adequadamente com vista a fundamentar uma tomada de decisões…

Aqui se apresenta o 1.º Relatório Final de Avaliação Interna da Escola Secundária de Lousada, referente ao ano letivo 2011/2012.

2.º Relatório Informativo

“Do ponto de vista da melhoria da qualidade e da inovação, é sem dúvida o grau de desenvolvimento da avaliação interna que vai determinar os contornos da avaliação externa…” (Azevedo, 2007)

Aqui se apresenta o 2.º Relatório Informativo de auto avaliação da Escola Secundária de Lousada, referente ao ano letivo 2011/2012.

1º RELATÓRIO INFORMATIVO DE AUTO–AVALIAÇÃO

As escolas subsistem independentemente do seu êxito. Toda a avaliação levada a cabo no seu interior tem como único objecto a aprendizagem dos alunos. Uma parte substancial do trabalho dos alunos depende da organização, dos instrumentos, dos serviços, da intervenção coordenada e do clima da instituição onde é realizado.

Aqui se apresenta o 1.º Relatório informativo de Auto-avaliação 2011-2012 – 1º período da Escola Secundária de Lousada.

Relatório Final 2010/2011

Na nossa perspectiva, todo o processo de auto-avaliação deve ser entendido como um “caminho” para a partilha de conhecimentos entre todos os membros da comunidade educativa e parceiros externos, construindo-se um ambiente propício à aprendizagem. Deve constituir um processo de mudança e de promoção da melhoria, devendo ser participativo, estendendo-se a todos os actores da comunidade escolar  e elementos da comunidade local, contando com a colaboração de outras entidades externas.

Aqui se apresenta o Relatório Final da Escola Secundária de Lousada, referente ao ano letivo 2010/2011.

Relatório de Auto-avaliação do 2º período

 

 

Com este Relatório de Avaliação Interna referente ao 2º período  a Equipa da Escola Secundária de Lousada pretende apresentar uma informação relativa ao 2º período, sobretudo no que diz respeito aos resultados por ano e por disciplina, à indisciplina e às aulas de substituição. Ainda se apresenta, uma reflexão sobre os relatórios do Programa AVES, iniciativa da Fundação Manuel Leão, um balanço sobre a concretização do Plano de Acção da equipa e também um balanço da Associação de Estudantes, fazendo uma reflexão de escola a várias “vozes”.  

Relatório das aulas de substituição do 1º período

A Ocupação Integral dos Tempos Escolares aplica-se, aos alunos dos Ensinos Básico e Secundário e recorre à figura da substituição do docente em falta por um outro docente.

A bolsa de substituição é o conjunto de professores que, em cada tempo lectivo, se encontra disponível para suprir a ausência de qualquer docente a uma ou mais aulas de qualquer turma.

O plano de aula é o instrumento de organização prévia da aula que deve referir objectivos, conteúdos, estratégias/actividades e formas de avaliação, de forma a permitir a leccionação de uma aula de uma determinada disciplina / área curricular, a uma determinada turma.

No geral, as escolas privilegiam, nos seus planos de ocupação dos tempos escolares, as seguintes actividades:

  • permuta entre professores,
  • plano de aula elaborado pelo professor titular da turma e assegurado por um professor da mesma disciplina;
  • acompanhamento educativo/apoio pedagógico dos alunos em salas de estudo;
  • bolsa de professores para actividades de substituição, umas vezes na própria sala de aula, outras vezes em actividades de enriquecimento curricular. 

O plano de cada escola contempla a distribuição dos docentes e a organização do serviço docente de forma a responder à necessidade de ocupar educativamente os alunos em todos os tempos escolares. Mas, enquanto plano, constitui-se como um instrumento dinâmico que responde às necessidades reais da escola e aos interesses dos alunos.

Aqui poder-se-á consultar o Relatório das Aulas de Substituição (referente aos meses de Novembro e Dezembro) da Escola Secundária de Lousada.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.